RÁDIO SINDVIG-MA
Bem vindo ao Sindvig MA  •  São Luís -
 
 
 
 
 

Notícias

COMPANHEIROS VIGILANTES QUE TRABALHAM NAS SEGUINTES EMPRESAS DE VIGILANCIA QUE PRESTAM SERVIÇOS DE SEGURANÇA NA SECRETARIA DE ES

Secretaria de Estado da Educação/Seduc, fez o pagamento das seguintes empresas que prestam serviços de segurança para aquele órgão desde o dia 07/06/2013.

Empresa Potencial

R$ 322.369,60 - 07/06/2013

Empresa Clasi

R$ 472.407,16 – 07/06/2013

Empresa ColtBrasil – 07/06/2013

R$ 424.632,13

Fonte: Portal da transparência

Quanto a empresa sentinela não foi feito nenhum repasse desde o dia 17/04/2013, porque seu pagamento se encontra bloqueado pela justiça do trabalho o sindicato esta buscando uma melhor forma para esse dinheiro ser desbloqueado o mais rápido possível.

Esperamos que a secretaria cumpra sua parte de fazer os pagamentos restantes para que as empresa picaretas pagarem o q deve aos seus funcionários que são de fato que coloca o dinheiro no bolsos dos donos das empresas ariscando suas vidas e não são reconhecido nem pelas as empresas e muito menos pelo Governo do Estado e pela a secretaria.  

O Secretario fica brincando de gato e rato com empresas terceirizadas que prestam serviços de segurança para essa secretaria e os trabalhadores são penalizados com essa brincadeira são mais de 2.000 pais de família que não recebem os seus salários, vale transporte e tíquete alimentação.

 Tudo porque fica esse jogo de cana de braço entre a secretaria e as empresas, uma joga a culpa pra cima da outra  e até quando isso vai continuar acontecendo nessa secretaria? Será que o governo não esta vendo essa situação que se encontram os trabalhadores vigilantes sem receber os seus pagamentos e por sua vez a secretaria ainda se pronuncia sobre a licitação como e quando as empresas que ganharam vão assumir e as outras fazer os pagamentos das verbas rescisórias dos trabalhadores.

Uma empresa chamada ColtBrasil que não venceu nenhum lote fica se mantendo no contrato através da justiça, uma empresa que não cumpre com suas obrigações e responsabilidade

O sindicato tem buscado varias vezes diálogo com o secretario Sr. Pedro Fernandes e este se acha que tem Deus na barriga não recebem qualquer pessoa para um bom dialogo para tentar resolver essa situação que estão os trabalhadores, será que se fosse com ele ou com a governadora que passasse por essa situação os mesmo gostariam.

O Sindvig-ma faz uma pergunta onde estão os órgãos fiscalizadores competente para se intervir nessa situação bem como MTE, MPT, JT e PF.

Fonte: Sindvig-MA

     



•  veja outras notícias
 
       
Sindvig MA - Sindicato dos Vigilantes do Maranhão
Rua dos Afogados, 846 - CEP: 65010-020 / Centro - São Luís / MA
Fone / Fax (98) 3221-0758  /  (98) 3304-2622
contato@sindvig-ma.org.br  /  sindvig-mageral@outlook.com  /  sindvig@yahoo.com.br